O presidente do Varzim, Edgar Pinho, afirmou hoje que o “maior desejo” do clube ‘alvinegro’ é receber o Sporting no seu estádio, com obras em curso, para a terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol.

Na época 2022/23, o clube da Liga 3 tem jogado como anfitrião no Complexo Desportivo de Fão e também no Estádio Municipal Doutor José Vieira de Carvalho, na Maia, palco em que eliminou o Feirense, para a ronda anterior da ‘prova rainha’, mas ambiciona regressar à Póvoa de Varzim para defrontar um dos crónicos candidatos ao título na I Liga, no fim de semana de 15 e 16 de outubro.

“O nosso maior desejo é jogar no nosso estádio. Temos ainda algumas limitações, dadas as obras que encetámos no mesmo não estarem ainda concluídas, mas acreditamos ainda ser possível. Temos um ‘plano B’ já montado, mas não queremos ainda falar no ‘plano B’. Queremos o estádio mesmo pronto a tempo do jogo”, adiantou o dirigente à agência Lusa.

Para Edgar Pinho, o desafio com os ‘leões’ é “um teste ao valor” da formação poveira, que ocupa a vice-liderança da série A no terceiro escalão e que nutre a “ambição legítima” de passar à eliminatória seguinte, face ao “plantel bom” de que dispõe, treinado por Tiago Margarido.

“Acreditamos que temos capacidade para nos mostrarmos a bom nível nesse jogo. A equipa tem tido um comportamento bastante positivo. É isso que queremos continuar a fazer”, reiterou.

Apesar de reconhecer que “seria falsa modéstia dizer que jogar contra o Sporting não aguça o apetite”, o dirigente lembrou que o Varzim defronta, no sábado, a Sanjoanense, em embate da quinta jornada do campeonato no qual o plantel “se foca”.

“Encaramos o jogo contra o Sporting como mais um jogo, que faz parte do calendário das competições. Calhou-nos o Sporting, poder-nos-ia ter calhado o Benfica ou o Serpa. Encararemos o jogo com a seriedade que encaramos todos os jogos. O Varzim motiva-se jogo a jogo, e o próximo está marcado para sábado”, realçou.

O diretor-geral dos ‘lobos do mar’, André Geraldes, frisou também que “a motivação” do plantel é “a mesma para todos os jogos, defendndo que é preciso, antes, “tentar ultrapassar” a Sanjoanense, um “adversário complicado”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.