Depois de ver o Boavista ficar pelo caminho na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, ao perder no desempate por pontapés da marca de grande penalidade no terreno do Arouca, Vítor Murta, presidente dos axadrezados, foi à sala de imprensa deixar duras críticas ao árbitro Fábio Melo e restante equipa de arbitragem.

O líder máximo dos axadrezados disse que a sua equipa foi condicionada em vários momentos pelas decisões do árbitro e criticou também ainda o mau estado do relvado do Estádio Municipal de Arouca, elogiando os jogadores do Boavista pelo que lutaram.

"Parabéns à equipa técnica e aos jogadores. Foi um que não foi nada fácil, por diversas adversidades, a começar pelo campo que, na nossa ótica, não se apresenta em condições para a prática do bom futebol. Isso prejudicou que a equipa que pratica melhor futebol, neste caso, o Boavista", começou por dizer, antes de falar então da arbitragem.

"Queria também deixar aqui um reparo, apesar de já ter sido castigado por diversas vezes, mas não vou dizer nada que fuja à verdade. Como o povo diz, quem diz a verdade não merece castigo: hoje, a equipa de arbitragem não esteve bem. Porque as equipas de arbitragem não condicionam os jogos apenas quando marcam penáltis ou quando há expulsões. Vimos uma barbaridade de amarelos mostrados aos jogadores do Boavista e, além disso, temos um jogador que foi para o hospital, o Martim Tavares, depois de um lance em que o árbitro nem falta marcou", apontou.

"O Bozenik também sofreu uma falta, foi assistido, saiu do campo lesionado e ainda levou amarelo. Não se consegue perceber as decisões da equipa de arbitragem, que claramente condicionou o jogo, não há qualquer dúvida disso", reforçou.

"Quero também deixar um alerta sobre a formação de árbitros que está a decorrer e eu queria pedir para se inscrever muita gente. Porque, de facto, achamos que existem bons árbitros, mas também há árbitros que não têm qualidade para estarem na Liga e pode ser que apareça algum miúdo que tenha mais qualidade que muitos dos árbitros que agora apitam e que possam vir melhorar a arbitragem. Ou então façam uma coisa diferente, que é ir ver os jogos dos sub-10 e sub-11, que há lá árbitros bem melhores", acrescentou ainda, antes de terminar voltando a elogiar a equipa do Boavista.

"Parabéns à minha equipa técnica e aos meus jogadores, que foram uns bravos e fizeram um jogo fantástico", concluiu Vítor Murta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.