A terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol prosseguiu hoje com os favoritos a puxarem dos galões e com o Lusitano de Vildemoinhos, Vale Formoso e Silves a vestirem a pele de 'tomba-gigantes'.

O Desportivo das Aves, detentor do troféu que venceu na final disputada com o Sporting, iniciou a defesa do título com um triunfo por 3-1 sobre o Sacavenense, do Campeonato de Portugal.

No encontro mais aguardado da ronda de hoje, que 'fechou' o acesso à quarta eliminatória da Taça de Portugal, o Sporting de Braga, que lidera a I Liga de parceria com o Benfica, eliminou o Felgueiras 1932, do Campeonato de Portugal, com um triunfo por 1-0, com um golo de Dyego Sousa, aos 86 minutos.

Contrariando o estatuto do favorito, a equipa visiense do Lusitano de Vildemoinhos, do Campeonato de Portugal, afastou o Nacional, da I Liga, ao vencer no prolongamento por 4-3, após empate a 2-2 no tempo regulamentar.

No campo das exceções, também a formação 'axadrezada' do Vale Formoso, das Furnas, que milita nos Distritais de Ponta Delgada, eliminou o Coimbrões, do Campeonato de Portugal, com um triunfo no prolongamento também por 4-3, igualmente após empate a 2-2 no tempo regulamentar.

O Silves, dos Distritais de Faro, também 'bateu o pé' ao teoricamente favorito Desportivo de Chaves (Satélite), do Campeonato de Portugal (CP), com uma vitória por 2-1 no prolongamento, após empate a 0-0 no tempo regulamentar.

Nos restantes jogos imperou a lei do mais forte, no que respeita a embates entre equipas de diferentes escalões, com destaque para a continuidade da esmagadora maioria das equipas da I Liga, já que depois de Portimonense, no sábado, apenas o Nacional foi hoje eliminado.

O Vitória de Setúbal afastou o Armacenenses (CP), por 2-1, o Boavista o Fátima (CP), por 4-1, o Rio Ave o Torreense (CP), por 5-1, o Moreirense o São Martinho (CP), por 1-0, o Santa Clara o Maria da Fonte (CP), por 2-1, e o Desportivo de Chaves o Pedras Salgadas (CP), por 4-1.

O Feirense foi obrigado a prolongamento para afastar o Mirandela (CP), por 2-1, após 1-1 no tempo regulamentar, e o Tondela e o Marítimo foram a grandes penalidades para eliminar, respetivamente, Estoril Praia (II Liga) e Moura (CP), ambos por 4-3.

No duelo entre equipas do mesmo escalão, neste caso da II Liga, o Arouca afastou o Farense, com um triunfo por 3-1.

No embate entre equipas do Campeonato de Portugal, o Casa Pia eliminou o Angrense, com uma vitória por 2-1, o Anadia o Vilafranquense, com um triunfo por 4-1, e o Montalegre o Oriental, com 2-1 no prolongamento, após empate a 1-1.

Nos confrontos entre equipas da II Liga e do Campeonato de Portugal, o Leixões eliminou o Amarante (3-1), o Sporting da Covilhã o Limianos (2-0), o Paços de Ferreira o Gafanha (2-0) e o Penafiel o Fafe, através do desempate por grandes penalidades (3-2), após empate a 0-0 no prolongamento.

No duelo entre equipas do Campeonato de Portugal, o Praiense afastou o Santa Iria (2-0), o União da Madeira o União de Santiago (2-0) e o Águeda o Louletano (1-0).

A terceira ronda da Taça de Portugal fica concluída ainda hoje com o encontro que opõe o Felgueiras 1932, do Campeonato de Portugal, ao Sporting de Braga (L).

O sorteio da quarta eliminatória da prova 'rainha' está agendado para 30 de outubro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.