Segundo avança o jornal Record na sua edição de quarta-feira, o Sporting não quer disputar o próximo jogo da Taça de Portugal no Estádio Municipal de Oleiros devido à falta de condições, e ameaça mesmo recorrer a uma equipa de juniores na 3ª eliminatória da prova caso o local do jogo não seja alterado.

De acordo com a informação veiculada pelo referido jornal desportivo, os 'leões' consideram que o Estádio Municipal de Oleiros não reúne as condições mínimas para disputar um jogo da Taça de Portugal, mesmo depois do clube de Castelo Branco se ter comprometido a realizar as obras necessárias.

No entanto, o Sporting entende que é arriscado jogar num piso totalmente sintético poucos dias antes da difícil deslocação a Turim, para a Liga dos Campeões, e que a própria iluminação do Estádio poderá colocar em causa a transmissão televisiva do encontro.

Para além disso, uma fonte do Sporting, citada pelo referido jornal, recorda que é impossível alterar os regulamentos de segurança do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) a tempo da partida, prevista para quinta-feira, dia 12 de outubro, uma vez que os mesmos impõem que este tipo de jogos sejam disputados em estádios com cadeiras e torniquetes nas portas de acesso.

Perante este cenário, o Sporting pondera apresentar uma equipa sem futebolistas profissionais, recorrendo por isso à equipa de juniores para defrontar a formação do Campeonato de Portugal.

A decisão sobre o local onde se irá disputar o jogo entre Oleiros e Sporting será conhecida no próximo dia 6 de outubro, e há a possibilidade do jogo disputar-se em Coimbra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.