O treinador da equipa de futebol do Alcochetense disse, esta segunda-feira, que gostava de jogar com o Benfica, mas que o clube agora está a desfrutar o momento.

«É muito agradável acordar de manhã, num dia normal de trabalho, e ver todo o destaque que se deu ao nosso jogo. Ficamos emocionados e orgulhosos, pois é algo que não acontece todos os dias», disse Élio Santos em declarações à agência Lusa.

A equipa do Alcochetense, que milita na série E da terceira divisão (quarto escalão do futebol português), eliminou no domingo a União de Leiria, num encontro em que esteve a perder, mas que deu a volta ao resultado na segunda parte.

Élio Santos referiu que a direção do clube ofereceu um jantar a todo o grupo de trabalho, onde se falou muito sobre o próximo adversário da equipa na Taça de Portugal, na primeira vez que o clube está na quarta eliminatória da prova.

«Tínhamos 0,1 por cento de possibilidades contra a Leiria e fez-se Taça, mas sabemos as dificuldades e que é quase impossível chegarmos ao Jamor, por isso, pensando no que o clube precisa, foi unânime que gostaríamos de defrontar um grande, em especial o Benfica», afirmou.

O técnico referiu que o clube da Luz é o que movimenta mais adeptos em Portugal e que seria um importante encaixe financeiro para o clube, apesar de também agradar a possibilidade de jogar frente a outro dos "grandes".

Élio Santos afirmou também que tem consciência que vai ser difícil o regresso da equipa ao trabalho, agendado para hoje ao final do dia, devido a toda a euforia que está a ser vivida.

«Hoje ainda vamos desfrutar um pouco do que conseguimos, mas, a partir de quarta-feira, temos que abanar a equipa para voltar à realidade. Vamos ter um jogo importante no fim de semana, um derby com o nosso vizinho Olímpico do Montijo», salientou.

A equipa, que é totalmente amadora e que tem na sua base jogadores da formação do clube, está nesta altura no quinto lugar da serie E da terceira divisão, com o objetivo a ser a manutenção.

«O nosso objetivo é a manutenção tranquila, ou seja, ficar nos primeiros seis lugares e assegurar desde logo a manutenção. Depois, na fase seguinte do campeonato, logo se vê as nossas possibilidades e se podemos reformular os objetivos», concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.