O treinador do Fabril repartiu hoje com o FC Porto o favoritismo na eliminatória da Taça de Portugal de futebol, mas disse que a sua equipa está consciente do valor do adversário de sábado.

Em conferência de imprensa realizada no Estádio Alfredo da Silva, palco que acolhe a partida da terceira eliminatória, João Miguel Parreira assumiu o objetivo de “honrar a história da CUF”, antecessora histórica do clube do Barreiro, e admitiu que pode ser uma ajuda o facto de o FC Porto não se apresentar, provavelmente, na máxima força.

“Estamos com o discurso que queremos competir, jogar para ganhar, porque é o nosso discurso, mas sabemos quem está no outro lado. Mas não dizemos que temos 5% de probabilidades, nem 20%. É 50-50! Assim que iniciar o jogo, vamos ver quem está mais forte. O FC Porto tem jogadores fantásticos, mas, se não estiverem focados, se calhar os do Fabril conseguem fazer qualquer coisa gira”, advertiu o treinador da equipa da margem sul do Tejo.

Mas, para isso, “têm de ir lá para dentro e correr mais do que os jogadores do FC Porto”, assim como “marcar mais golos”, após uma semana de trabalho especial, na qual foi preciso colocar alguma ‘água na fervura’ durante os treinos, uma vez que todos “querem fazer boa figura” para atingir “outros níveis” no meio futebolístico.

No entanto, nem tudo foi perfeito durante esta semana, pois, logo na segunda-feira, vários jogadores do plantel tiveram resultado positivo nos testes ao novo coronavírus, o que condicionou a elaboração da estratégia para enfrentar os ‘dragões’.

“Sabíamos que íamos ser novamente testados durante a semana, então não planeei uma estratégia com base nos jogadores, porque não sabia com quem é que ia poder contar e só hoje é que soubemos”, assumiu João Miguel Parreira, garantindo que ainda não escolheu os onze jogadores que vão entrar em campo no sábado.

Até por isso, saíram ‘furadas’ as previsões de Sérgio Conceição, que na sua própria antevisão da partida, horas antes, procurou revelar conhecimento do adversário avançando a equipa provável do Fabril.

“Tudo ao lado! Alguns deles não podem jogar e outros, se calhar, não vão ser opção”, 'disparou' João Miguel Parreira, em ambiente de boa disposição.

O Fabril recebe o FC Porto no sábado, às 14:30, em partida da terceira eliminatória da Taça de Portugal, que se disputa à porta fechada devido à pandemia de covid-19, no Estádio Alfredo da Silva.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.