O Fiães, apostado em tornar-se a surpresa do dia na segunda jornada da Taça de Portugal, atormentou um Varzim, que se perdia em faltas e passes mal calculados e não encontrava o rumo da baliza.

Numa primeira parte sem história e sem ocasiões de golo, não houve grandes diferenças entre o emblema da Liga de Honra e os homens da casa que, sem estratégia definida, procuravam a todo custo segurar a igualdade.

A inexperiência dos poveiros, que ainda não pontuaram no campeonato, foi notória, e, apesar das tentativas do inconformado Bruno Moreira, o Varzim chegou ao intervalo sem desfazer o empate no marcador.

A resistência do clube da Série C da III divisão terminou ao minuto 67, quando André Carvalho encheu o pé e, com um remate espectacular, bateu Rui Pedro.

Na resposta, a bola de Dany bateu no poste da baliza de Ricardo, com o sonho do empate do Fiães a desvanecer minutos depois, quando André Carvalho aproveitou um mau alívio do guarda-redes da casa e assinou o segundo golo dos poveiros e o seu segundo da tarde.

A vitória de hoje frente ao clube de Santa Maria da Feira, que pela terceira época consecutiva se despede da Taça na segunda ronda, representa o primeiro triunfo oficial do Varzim na época 2010/ 2011.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.