27 anos o Vila Real recebeu esta noite o FC Porto na sua casa. Com toda a emoção que a competição envolve, os transmontanos abriram a porta de casa aos 'dragões' e fizeram a festa. No entanto, e como se fazia esperar, o 'fosso' entre as duas equipas não se fez esperar e a equipa de Sérgio Conceição marcou cedo e acabou por sair do Monte da Forca com uma vitória por 6-0.

O primeiro golo apareceu cedo no Monte da Forca. Logo aos sete minutos de jogo, o FC Porto inaugurou o marcador pelos pés de Adrián López - que pôs assim fim ao jejum de quatro anos sem marcar com a camisola dos 'dragões'. Aos 14 minutos, o avançado espanhol bisa e aumenta a vantagem sobre a equipa transmontana num lance com bastante confusão na área do Vila Real. João Pedro cruza para a área e Edu ainda corta, mas a bola desvia em André Pereira e acaba à disposição de Adrián López.

Embora com muitas dificuldades, a equipa de Patrick Canto vai tentando chegar à grande área adversária mas sem sucesso. Como seria de esperar, o FC Porto domina o jogo com bastante à vontade. Aos 40 minutos, a equipa de Sérgio Conceição fica muito perto de apontar o terceiro golo, mas o lateral Solas aparece no último segundo para salvar a equipa da casa com um corte no sítio certo à hora certa.

Ao cair do pano, António Nobre expulsa Raúl Babo com vermelho direto e deixa a equipa da casa a jogar reduzida a dez. O central português de 29 anos fez um entrada dura sobre Bazoer que seguia isolado para a baliza de Murta.

A segundos do apito para o intervalo, Adrián López ainda faz o terceiro na sequência de um livre que fica fora do alcance do guarda-redes do Vila Real. Retomada a partida, os transmontanos não conseguem afastar o FC Porto de Murta e 'Tiquinho' Soares faz o quarto dos 'dragões', com destaque para o trabalho de Óliver Torres a desbloquear adversários para assistir o brasileiro.

Aos 60 minutos, e imediatamente antes de deixar o relvado, André Pereira marca para o campeão nacional. Com um passe de João Pedro, o avançado português finaliza com um remate certeiro. Cinco minutos depois, Adrián López leva o FC Porto 'à meia dúzia' de vantagem.

Terminada a partida no Monte da Forca e apesar de um visível esforço da equipa de Patrick Canto, o FC Porto não deu hipóteses aos transmontanos e não facilitou a vida ao 3º classificado da Divisão de Honra de Vila Real. Passado o jogo da Taça de Portugal, os 'dragões' seguem na prova, mas com a cabeça no próximo jogo da Liga dos Campeões, marcado para quarta-feira frente ao Lokomotiv Moscovo.

Confira o resumo da partida:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.