O Sporting segue em frente na Taça de Portugal depois de um jogo complicado em Famalicão e em que a equipa da casa, bem organizada, originou problemas à equipa de Domingos Paciência.

Embora com uma posse de bola esmagadora no primeiro tempo, o Sporting não conseguiu marcar e foi o Famalicão que surgiu galvanizado no início do segundo tempo, a criar perigo junto à baliza desta feita à guarda de Marcelo Boeck.

No entanto, dois erros do Famalicão deitaram tudo a perder:

Primeiro um pénalti, convertido por Wolfswinkel, e depois a expulsão de Jorginho.

Para agravar ainda mais as coisas para os nortenhos, Wolfswinkel mostrou eficácia e após um cruzamento de Pereirinha fuzilou de cabeça para o 2-0, quando o relógio marcava 67 minutos.

Até ao fim, o Famalicão ainda tentou o golo de honra, mas na melhor oportunidade dos da casa, Marcelo Boeck fez a defesa da noite.

O Sporting apura-se num jogo em que podia ter resolvido mais cedo e onde fica na retina a entrega dos homens de Famalicão, traídos por dois lances de infelicidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.