O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, recordou a importância de Miranda Calha, que morreu hoje, no desenvolvimento do desporto nacional e disse que a ação política do socialista dignificou o país.

"A sua ação política dignificou-o e ao país", escreveu o líder federativo, numa mensagem publicada na página oficial da FPF.

Fernando Gomes enviou "as mais sentidas condolências à família, amigos e colegas de Miranda Calha", que foi secretário de Estado do Desporto e esteve ligado à organização do Euro2004 em Portugal.

"Exerceu cargos públicos com um reconhecido e elevado sentido de Estado, e contribuiu de forma generosa para o desenvolvimento do país, do desporto e do futebol nacionais", lê-se ainda na mensagem de Gomes.

Professor de profissão, licenciado em letras, natural de Portalegre, por três vezes secretário de Estado de governos socialistas e deputado pelo PS desde 1975 até à última legislatura (2015/2019), Júlio Miranda Calha faleceu hoje, aos 72 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.