O Presidente da República felicitou hoje a participação dos atletas portugueses nos Jogos Europeus 2023, salientando que se tratou do “melhor resultado” de sempre de uma missão nacional no evento.

Numa nota divulgada na página oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa diz ter acompanhado “com agrado e contentamento estes dias de competição”, que tiveram lugar em Cracóvia e na região de Malopolska, na Polónia, destacando as “prestações individuais e coletivas de elevado nível em representação das cores nacionais”.

“A ‘Equipa Portugal’ em Cracóvia-Malopolska, composta por 206 atletas que competiram em 23 modalidades, conquistou 16 pódios com 3 medalhas de ouro, 7 de prata e 6 de bronze, além de 36 classificações entre o 4.º e o 8.º lugar, naquele que foi o melhor resultado de uma Missão Nacional no evento”, salienta o chefe de Estado.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, “a entrega, o esforço e o empenhamento demonstrados são o augúrio que, nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, a ‘Equipa Portugal’ possa dar continuidade e melhoria dos resultados alcançados”.

“Ao Comité Olímpico de Portugal, às Federações, Clubes, treinadores, equipas técnicas e às famílias, cujo apoio é essencial, o Presidente da República, em nome de Portugal e dos Portugueses, expressa a sua satisfação pelos feitos alcançados e deixa uma palavra de estímulo, desejando a todos muitas felicidades pessoais e desportivas”, conclui.

A nota lista todas as medalhas alcançadas por Portugal, começando pelas três de ouro: Auriol Dongmo (Atletismo, lançamento do peso), Messias Baptista (Canoagem, K1 200) e a dupla Teresa Portela/Kevin Santos (Canoagem, K2 200 misto).

Já as sete medalhas de prata couberam a Fernando Pimenta, (Canoagem, K1 500), Gonçalo Noites (Muaythai, -71 kg), Isaac Nader (Atletismo, 1500m), João Coelho (Atletismo, 400m), Marcos Freitas (Ténis de Mesa), Matilde Ferreira, (Muaythai, -57 kg) e Miguel Frazão (Esgrima, espada).

As seis medalhas de bronze foram conquistadas pela equipa feminina de futebol de praia, pela equipa feminina de ténis de mesa, pela equipa masculina de tiro com armas de caça, pela dupla Afonso Fazendeiro/Miguel Oliveira, (Padel, pares masculinos), por Ana Cruz (Karaté, cata) e por Francisca Laia (Canoagem, K1 200).

Na edição de 2019, em Minsk, Portugal tinha conquistado 15 medalhas (três ouros, seis pratas e seis bronzes) e, antes, em Baku2015, na estreia desta competição, foram três ouros, quatro pratas e três bronzes.

A terceira edição dos Jogos Europeus termina hoje em Cracóvia e na região polaca de Malopolska, com 30 modalidades no programa e 48 países participantes, incluindo Portugal, que contou com uma delegação com mais de duas centenas de atletas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.