A Agência Antidopagem da Rússia (RUSADA) anunciou esta quinta-feira a intenção de recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) das sanções que excluem o país das competições internacionais durante quatro anos, entre as quais os Jogos Olímpicos.

O comité de supervisão da RUSADA emitiu hoje uma recomendação para contestar as sanções impostas em 09 de dezembro pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), devido a um sistema de dopagem com conhecimento e apoio estatal, tornado público há cerca de seis anos.

A recomendação deverá ser aprovada até ao fim de 2020 pela Assembleia Geral da RUSADA, para posteriormente ser formalizada junto do TAS.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.