Três ex-jogadores de um clube de futebol da terceira divisão de Espanha, o Arandina Club, foram hoje condenados a 38 anos de prisão, cada um deles, por agressão sexual contra uma menor de 15 anos, em novembro de 2017.

Carlos Cuadrado, Victor Rodriguez e Raul Calvo negaram ter cometido irregularidades e podem ainda recorrer da sentença.

Os três foram considerados pelo tribunal culpados da agressão levada a cabo num apartamento alugado em 2017, tendo argumentado no julgamento que não tiveram relações sexuais com ela e não sabiam que tinha 15 anos na altura.

Os condenados terão de indemnizar conjuntamente a vítima em 50.000 euros e estão proibidos de comunicar com ela durante dez anos.

A sentença considera que os três ex-futebolistas sabiam que a vítima tinha menos de 16 anos de idade, porque ía à escola de uniforme e a mãe da jovem e algumas testemunhas tinham-lhes dado conhecimento disso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.