Os X Jogos da CPLP, que decorrem desde domingo na Ilha do Sal (Cabo Verde), são uma plataforma de lançamento de jovens, angolanos em particular, para uma carreira internacional, afirmou o secretário de Estado dos Desportos.

Em declarações à imprensa, Albino da Conceição realçou ser mais importante que o resultado competitivo o facto de vários jovens terem a oportunidade de competir internacionalmente, experiência que poderá influenciar no seu rendimento futuro, principalmente quando forem convocados para outros escalões.

“O importante é ter aqui os jovens. Espero vê-los a singrar internacionalmente daqui a cinco ou seis anos, como aconteceu com outros atletas angolanos que passaram por esta prova. Quando forem convocados para os outros escalões já terão alguma experiência”, realçou.

Sobre a reunião dos ministros da CPLP, assim como o fórum sobre a Ética no Desporto realizadas à margem dos jogos, informou que o primeiro, onde Moçambique foi rendido por Portugal na liderança da organização nos próximos dois anos, serviu também para discutir e aprofundar os programas multilaterais entre os países membros.

Ficou também definido que São Tomé, depois de dois adiamentos por falta de condições, vai organizar a prova em 2018, embora sem as exigências que tiveram os outros países. “São Tomé vai organizar os jogos à dimensão das suas condições. Estamos cientes que não terão as mesmas que Portugal, Angola ou Cabo Verde, mas há aceitação por parte dos países membros para organizarem o evento”, explicou o secretário do Estado.

O encontro entre os ministros da juventude e desportos da CPLP contou já com a participação do novo integrante, a Guiné Equatorial, apesar não se fazer ainda representar com atletas.

Quanto ao fórum sobre a Ética no Desporto, instituído este ano, onde Angola esteve representada pelo diretor nacional para a política desportiva, António Gomes, Albino da Conceição informou que serve para incentivar os governos a primar pelo jogo limpo, tendo em conta as várias reclamações com as arbitragens nas provas locais.

A instituição do fórum sobre a Ética no Desporto visa implementar um esforço conjunto entre o associativismo e o governo, no sentido de promoverem o jogo limpo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.