O atleta português Samuel Barata admitiu que a obtenção de mínimos para os Jogos Olímpicos Paris2024, ao correr a Maratona de Valência, em Espanha, em 02:07.35 horas, é a “realização de um sonho de criança”.

“Estou supersatisfeito. É uma sensação muito boa. É a realização de um sonho de criança e a recompensa de muitos anos de trabalho”, disse à agência Lusa Samuel Barata, de 30 anos, após terminar a Maratona de Valência no 22.º lugar.

Samuel Barata reconheceu que foi “um bocado ambicioso”, dado que correu “mais rápido do que o que estava planeado”, “saindo forte, mas com boas sensações de que era possível correr próximo do recorde nacional”.

“O objetivo principal era alcançar os mínimos [02:08.10 horas], mas o recorde nacional era a cereja no topo do bolo. Até aos 30 [quilómetros] estava dentro do recorde, mas depois tive uma quebra, faz parte, não é fácil”, explicou.

O atleta do Benfica reconheceu que acabou em sofrimento, para agarrar o ritmo para correr dentro da marca olímpica, mas considera que isso lhe deu alento e experiência para fazer ainda mais.

“Chegar aqui à maratona com um processo de treino planeado e correr o que se pretendia é muito satisfatório. Às vezes não corre como queremos. Hoje correu bem, era um percurso rápido, com bons atletas, e tive a sorte de treinar bem e alcançar este resultado”, disse.

Apesar desta marca, Samuel Barata não conseguiu bater o recorde português da maratona, ainda na posse de António Pinto, que, em 16 de abril de 2000, venceu pela terceira vez a Maratona de Londres, em 02:06.36 horas.

Barata e Susana Godinho, também na Maratona de Valência, foram os mais recentes atletas portugueses a garantir mínimos para os Jogos Olímpicos Paris2024, embora, no atletismo, com o ranking a dar 50% das vagas e as restantes a serem ocupadas por atletas com mínimos, apenas em 30 de junho de 2024 se saberá a lista definitiva de apurados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.