O remador Pedro Fraga retirou a sua candidatura à Comissão de Atletas Olímpicos (CAO), permitindo que Cátia Azevedo seja o nono e último elemento da direção, anunciou hoje o organismo.

De acordo com o comunicado hoje da CAO, Pedro Fraga pediu para que a sua candidatura fosse retirada, para “evitar mais atrasos com novas eleições e permitir que o processo de formação da nova comissão seja rapidamente concluído”.

O remador considera ainda que a velocista Cátia Azevedo “acrescenta um perfil único e fundamental para enfrentar os desafios da próxima comissão”.

Nas eleições de quinta-feira, a judoca Catarina Costa e o canoísta Emanuel Silva, com 53 e 52 votos, respetivamente, foram os desportistas mais votados para a nova Comissão de Atletas Olímpicos (CAO) para Paris2024.

O pódio dos mais votados entre os 15 candidatos no sufrágio ficou completo com o velejador José Costa, com 48 votos.

A nadadora Diana Gomes e o triatleta João Silva seguem-se nas preferências, com 45 nomeações, com o lote de eleitos a ficar completo com a corredora Marta Pen Freitas e o ciclista David Rosa, com 38, e o nadador Aléxis Santos, com 33.

Com o grupo estiver completo, os nove eleitos vão votar, entre si, a atribuição dos cargos de presidente, vice-presidente e secretário-geral.

O antigo velejador João Rodrigues vai deixar o cargo de presidente, numa equipa em que também não continuam Susana Feitor e Jéssica Augusto, do atletismo, Rui Bragança, do taekwondo, e Telma Santos, do badminton.

O canoísta Emanuel Silva, os triatletas João Silva e João Pereira, bem como o ciclista David Rosa são os membros da equipa ainda em funções que se recandidataram.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.