O selecionador de canoagem, Ryszard Hoppe, quer mais do que uma medalha nos Jogos Olímpicos Rio2016 e alargar a seleção a um mínimo de oito atletas, num trabalho que começa nos Europeus de Montemor-o-Velho.

«De quatro em quatro anos reformulamos objetivos, que ficam mais altos. Em Pequim2008, levamos quatro atletas e não tivemos finais. Em Londres2012, seis canoístas, quatro finais e uma medalha. Para o Rio2016, queremos apurar um mínimo de oito canoístas e melhorar também o desempenho em termos de medalhas. Temos essa possibilidade», referiu.

Em declarações à agência Lusa, o técnico de origem polaca acredita poder levar uma equipa “maior” nos kayaks e estrear as canoas masculinas, bem como ampliar o conjunto feminino nos Jogos Olímpicos do Brasil, «sempre com o objetivo de resultados de excelência».

O longo trabalho já começou e os Europeus de Montemor-o-Velho, de sexta-feira a domingo, são um primeiro exame ao trabalho e experiências que têm sido feitas em termos de tripulações, sendo que 11 canoístas (metade da equipa), ainda muito jovens, participam pela primeira vez em europeus absolutos.

«Quero escolher tripulações para o futuro. Quanto aos habituais internacionais, será tipo um controlo neste novo ciclo. Este ano optámos por diferente preparação. Como competimos em casa, espero ganhar medalhas», disse.

A este propósito, Ryszard Hoppe fala na «hipótese de três, quatro, talvez cinco medalhas», considerando que o êxito pode depender em muito da capacidade dos seus pupilos mostrarem em pista «toda a sua qualidade».

O K2 1.000 vice-campeão olímpico Fernando Pimenta/Emanuel Silva, o K4 1.000 Fernando Pimenta/João Ribeiro/David Fernandes/Emanuel Silva, os K2 200 e 500 Teresa Portela/Joana Vasconcelos e a C1 200 Hélder Silva são as tripulações que o selecionador aponta como medalháveis.

«Se todos cumprirem com a estratégia e derem o máximo de si, poderemos ter um excelente resultado», assegura o treinador, pragmático quando confrontado com os desejos de Fernando Pimenta e Teresa Portela de fazerem K1: «Apostamos sempre nas tripulações que entendemos dar melhores garantias para vencer».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.