Os valores olímpicos excelência, respeito e amizade vão ser apresentados no projeto Sou Olímpico, que vai ter como protagonistas a antiga atleta Naide Gomes, o canoísta Emanuel Silva e os ginastas Diogo Ganchinho e Diogo Abreu.

A iniciativa antecipa os Jogos Olímpicos Tóquio2020, que vão ser disputados entre 23 de julho e 08 de agosto, e consiste numa ‘websérie’ de três episódios, cada um associado aos valores olímpicos, anunciou hoje o Comité Olímpico de Portugal (COP) e a Bridgestone.

A antiga atleta Naide Gomes, 13.ª no heptatlo em Atenas2004 e 31.ª no salto em comprimento em Pequim2008, vai protagonizar o primeiro vídeo, que vai ser disponibilizado na próxima quarta-feira, 30 de junho, tendo como mote a excelência, nomeadamente através da sua relação com o seu treinador, Abreu Matos.

Emanuel Silva, que vai estar pela quinta vez em Jogos Olímpicos, na prova de K4 500 metros, depois de ter conquistado a medalha de prata em K2 1.000 em Londres2012, com Fernando Pimenta, vai estar em destaque na segunda história, contando a forma como o seu pai o ajudou no cumprimento do valor do respeito.

A amizade vai ser o foco do terceiro e último episódio, com a participação com os ginastas de trampolins Diogo Ganchinho, 11.º em Pequim2008 e 15.º em Londres2012, e Diogo Abreu, que vai estar em Tóquio2020 depois de ter sido 16.º no Rio2016, realçando a competição saudável entre os dois atletas do Sporting.

“São atletas de excelência os que protagonizam esta ‘websérie’, que, pelo seu exemplo, podem inspirar os mais jovens a guiarem a sua conduta pelos valores olímpicos, e o Comité Olímpico de Portugal (COP) associa-se naturalmente ao projeto, com a Bridgestone, um parceiro que nos tem honrado com a sua colaboração nas nossas iniciativas e ao qual muito agradecemos”, afirmou José Manuel Constantino, presidente do COP.

Da parte do patrocinador, o vice-presidente e diretor-geral da região sudoeste da Europa José Enrique González assumiu o orgulho por contar “estas três histórias fascinantes de superação, baseadas nos valores olímpicos” e na importância de se contar com apoio “nos bons e nos maus momentos, naturais ao longo de uma carreira desportiva”.

De acordo com o mesmo comunicado, este projeto, inserido no programa olímpico do COP, vai ser apresentado em algumas escolas, no próximo ano letivo, sob a alçada do programa de Educação Olímpica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.