Londres despediu-se este domingo dos Jogos Paralímpicos com um "Festival da Chama", no qual agradeceu ao povo inglês o apoio e fez vibrar cerca de 4.200 atletas ao som de Coldplay, Jay-Z, Rihanna e música brasileira.

Um coração gigante desenhado pelas bandeiras dos 166 países participantes, rodeado por uma chama, deu, ao som de "Life in technicolor", início à festa do adeus dos maiores e mais competitivos Jogos Paralímpicos de sempre.

O espetáculo contou com a participação de soldados feridos em conflitos bélicos e membros da associação Help for Heroes e aqueceu ao som de temas "Us Against the World", "Yellow" e "Paradise", tocados ao vivo pelos Coldplay.

A entrada de Rihanna no estádio, para um dueto com o grupo britânico, foi outro dos momentos altos da cerimónia, durante a qual o Comité Paralímpico Internacional também homenageou alguns atletas e agradeceu a todos os voluntários envolvidos na organização do evento.

Pouco depois, a cantora nascida nos Barbados desceu ao palco suspensa numa cadeira para cantar "We found love", animando o público, para logo a seguir cantar em coro "Viva la Vida".

Foi ao som do hino paralímpico, tocado por uma orquestra formada por pessoas com deficiência, que a bandeira do IPC desceu do mastro no qual esteve hasteada desde 29 de agosto.

Já com a bandeira paralímpica nas mãos do presidente da câmara do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, a bandeira brasileira foi hasteada no estádio olímpico.

Em oito minutos, o país que vai organizar os próximos Jogos Paralímpicos e a sua "cidade maravilhosa" mostraram-se ao Mundo através de artistas como Carlinhos Browm, Thalma de Freitas e Paralamas do Sucesso, e de danças como samba, batalha do passinho e ballet dançado por cegos.

A chama paralímpica, formada por pequenas pétalas que vão ser entregues a cada um dos países participantes, foi-se separando e apagando lentamente, enquanto o relvado do estádio ia sendo "invadido" por pequenas tochas.

A despedida dos Jogos Paralímpicos, que voltam no Rio de Janeiro, entre 07 e 18 de setembro de 2018, foi feita ao som "Run this Town", um dueto do rapper Jay-Z e Rihanna.

Antes do cair do pano, ao som de "The Scientist", dos Coldplay, foram exibidas várias imagens de superação captadas durante a competição.

Portugal, que esteve representado nos Jogos por 30 atletas, deixa Londres com três medalhas, duas das quais conquistadas pelo jogador de boccia José Macedo, que foi o porta-estandarte luso na cerimónia de encerramento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.