José Lourenço foi hoje reeleito para um segundo mandato no cargo de presidente do Comité Paralímpico de Portugal (CPP), em assembleia plenária eletiva realizada em Lisboa, informou o organismo que tutela o desporto paralímpico nacional.

Em comunicado, o CPP refere que a lista única concorrente aos órgãos sociais, liderada por José Lourenço, “para o mandato até 2024, foi eleita com 92 votos a favor e um voto em branco”.

Eleito para o primeiro mandato em março de 2017, José Lourenço mantém na equipa quatro dos cinco vice-presidentes: Luís Figueiredo, Leila Marques, Filipe Rebelo e Sandro Araújo.

O antigo atleta paralímpico Carlos Lopes deixa a vice-presidência, que desempenhou no mandato que agora cessa e na qual será substituído por Tiago Carvalho, para assumir o cargo de secretário-geral, que era ocupado por Manuel Costa e Oliveira.

Durante o mandato que agora se inicia, o CPP terá de organizar as missões aos Jogos Surdolímpicos, que vão decorrer em maio no Brasil, e aos Jogos Paralímpicos Paris2024.

Criado em 2008, o CPP foi presidido por Humberto Santos, que deixou o cargo em janeiro de 2017 e foi substituído durante três meses por Fausto Pereira, entretanto derrotado por José Lourenço nas eleições de março desse ano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.