O encontro entre ABC/UMinho e Águas Santas Milaneza não logrou as expectativas e foi, como se esperava, um jogo muito disputado de parte a parte. A primeira parte ficou marcada pelo grande equilíbrio em campo e que se reflectiu no marcador - a maior diferença foi de apenas dois golos (7-9) ao longo de todo o primeiro tempo, durante o qual também se registou alguma alternância no marcador. Ao intervalo, vantagem para a formação orientada por Paulo Faria, por 12-13. O jogo retomou, para o segundo tempo, ao mesmo ritmo mas em poucos minutos o Águas Santas assumiu o comando do marcador e ainda antes dos dez minutos de jogo, já vencia por 16-20. O conjunto orientado por Carlos Resende já não conseguiu encontrar as melhores soluções para recuperar e o Águas Santas segurou a vantagem até ao apito final e ganhou por 25-30, naquela que é a primeira derrota da formação bracarense no Campeonato Fidelidade Andebol 1.

O SL Benfica confirmou o favoritismo no jogo em casa, com o Avanca. A equipa da Luz assumiu o controlo do jogo até aos 12 minutos, altura em que vencia por 8-2, mas a meio da primeira parte, a reacção do Avanca fez-se notar e, com um parcial de 4-0, a equipa aveirense aproximou-se do Benfica, colocando o resultado na diferença mínima, 9-8 (aos 19 minutos). O Benfica voltou a encontrar o melhor caminho para a baliza adversária e, até ao intervalo, voltou a distanciar-se no marcador e a formação de Mariano Ortega foi para o descanso a ganhar 13-10. Foi a equipa da casa que voltou a entrar melhor, na segunda parte e, com cinco minutos de jogo, seis golos separavam as duas equipas (17-11). O Avanca já não conseguiu voltar a recuperar e, a quinze minutos do fim, o marcador assinalava 24-14. O Benfica segurou a vantagem até ao final e venceu por 30-19.

Na Maia, o Madeira Sad acabou por ceder um empate a 29 golos frente ao ADA Maia-Ismai. O jogo começou equilibrado mas no decorrer do encontro o Madeira Sad adiantou-se no marcador e chegou ao intervalo a ganhar por 10-17. Na segunda parte, a equipa madeirense foi segurando a vantagem mas o Maia-Ismai nunca desistiu de alcançar o melhor resultado e, já na recta final do jogo, conseguiu recuperar e garantir o empate.

O Sporting CP também confirmou o favoritismo no jogo frente ao Passos Manuel, num jogo que o conjunto leonino controlou desde cedo. Ao intervalo, o Sporting CP já vencia por 17-10 e o Passos Manuel, que, apesar do esforço, não conseguiu fazer melhor na segunda parte, averbou uma derrota por 35-25.

No Municipal de Fafe, o jogo foi, como se esperava, muito equilibrado. Durante a primeira parte, o Belenenses conseguiu adiantar-se no marcador, mas não foi mais além do que dois golos de vantagem - diferença ao intervalo, 10-12. A formação do Restelo conseguiu manter-se na frente do marcador durante quase toda a segunda parte, embora sem conseguir "descolar" do adversário. O Fafe ainda empatou (20-20) a quatro minutos do fim, mas acabou por não conseguir dar a volta ao resultado; o Belenenses não desperdiçou as oportunidades e voltou a marcar, por duas vezes e, assim, regressa a casa com a primeira vitória no Campeonato (20-22).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.