O Benfica "trabalhou muito" e fez um "esforço muito grande" contra o Al Ahly, no Mundial de clubes de andebol, mas "ficou sem a recompensa", considerou hoje, no final do jogo, 'Chema' Rodríguez, treinador do clube português.

Em Dammam, na Arábia Saudita, o Benfica falhou hoje o acesso às meias-finais do Mundial de clubes de andebol, ao perder com os egípcios do Al Ahly, por 29-28, na terceira e última jornada do Grupo B, quando lhe bastava um empate para seguir em frente.

"Foi um jogo difícil, que se complicou com o passar dos minutos, com as lesões, exclusões e expulsões… Começámos bem, mas, depois, a lesão do Demis Grigoras afetou-nos um pouco os planos. Eles jogam muito um contra um, o que nos fez ter muitas exclusões, e com isso perdemos o Alexis [Borges]", recordou 'Chema' Rodríguez.

O treinador notou que, somando a ausência do lesionado Vranjes, os ‘encarnados’ ficaram com “um problema nos pivôs”.

“Pouco a pouco, o jogo complicou-se mais, e o ambiente era desfavorável, estávamos a jogar fora de casa", prosseguiu.

Ainda assim, reconhece que a equipa "fez um bom trabalho".

"Tivemos a possibilidade de passar às semifinais no último remate do Jonas [Källman], mas não conseguimos marcar e ficámos fora das meias-finais. Os atletas trabalharam muito bem, fizeram um esforço muito grande, mas ficámos sem a recompensa. Há que continuar a trabalhar, lutar e melhorar para no futuro ganharmos mais títulos e termos mais sucesso em jogos como este", sustentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.