Em Riihimäki, na Cocks Arena, os benfiquistas regressaram da melhor forma aos triunfos após o desaire com o Sporting para a Liga portuguesa. Com este resultado, lideram o grupo, com seis pontos, enquanto os finlandeses seguem no sexto e último lugar, ainda sem pontos.

O Cocks conseguiu ser mais forte na primeira parte, atingindo o intervalo com 18-15 a seu favor. Depois, no segundo tempo, 'mandou' o Benfica, que empatou no minuto 37 e encerrou com uma diferença final de cinco golos.

O sérvio Petar Djordjic voltou a protagonizar uma exibição de grande classe, com eficácia máxima, conseguindo 12 golos para o Benfica em 12 remates. Foi, de longe, o melhor marcador dos 'encarnados', bem à frente dos quatro golos do brasileiro Rogério Moraes Ferreira e do sérvio Lazar Kukic.

Muito mais eficaz do que o adversário, em termos globais, o Benfica registou 37 golos em 49 remates, contra 32 golos em 53 remates da formação finlandesa.

Na baliza do Benfica, Gustavo Capdeville esteve soberbo, com 40% de remates defendidos, enquanto Sergey Hernandez chegou aos 25%.

A equipa comandada por Chema Rodríguez volta a jogar na sexta-feira para a Liga portuguesa, contra o Vitória de Setúbal, e na próxima semana recebe o HBC Nantes, de França, para a Liga Europeia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.