O presidente da Federação de Andebol de Portugal (FAP), Miguel Laranjeiro, lamentou hoje que o desporto não tenha “a mesma consideração” que outros setores da sociedade, em reação à suspensão de várias competições durante o fim de semana.

“O país não pode parar, a economia não pode parar, as empresas não podem parar, o turismo não pode parar, a cultura não pode parar, mas acho que o desporto também não pode parar. Não tem havido a mesma consideração com o desporto relativamente a todas as outras atividades”, expressou à Lusa, à margem da assinatura do protocolo da candidatura ibérica à organização do Euro2028 de andebol.

O dirigente federativo lembrou que “o desporto também é economia, também é cultura, também é turismo, é atividade física, é saúde” e, como tal, “tem de ser visto nesta dimensão total”, o que considera que “nem sempre tem sido” feito.

Miguel Laranjeiro explicou que “já há mais de uma semana” que as federações trabalhavam com o Governo - que decretou medidas restritivas excecionais - nesta decisão, num “processo de diálogo” que “podia ter sido diferente”.

“Somos das atividades mais seguras que existem, que cumpre as regras que estão impostas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e, portanto, cumpriremos, com toda a responsabilidade. Continuamos a cumprir as regras sanitárias, mas não podemos aceitar que o desporto seja desconsiderado ou colocado de parte quando falamos de outras atividades”, disse.

Os jogos das competições desportivas amadoras marcados para o fim de semana foram cancelados, devido às restrições impostas para evitar a propagação do novo coronavírus, mantendo-se a calendarização das I e II Ligas de futebol.

“A decisão de suspender as atividades não profissionais foi reafirmada pelo Governo às federações desportivas esta quinta-feira e apelamos à melhor compreensão de todos no sentido de a cumprir”, lê-se no comunicado conjunto das federações de andebol, basquetebol, futsal, hóquei em patins e voleibol.

Nesta mesma nota, os organismos federativos acrescentam que foi "decidida a alteração completa da próxima jornada das provas presentemente organizadas pelas cinco federações".

Esta decisão mantém a calendarização das jornadas da I Liga e da II Liga de futebol, a realizar entre hoje e segunda-feira, mas suspende as rondas dos principais campeonatos nacionais de andebol, basquetebol, futsal, hóquei em patins e voleibol.

Em causa, está a resolução do Conselho de Ministros de 22 de outubro, que determina a limitação de circulação entre concelhos do continente entre as 00:00 de hoje e as 06:00 de terça-feira.

Portugal contabiliza pelo menos 2.428 mortos associados à covid-19 em 132.616 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.