Os jogos do Campeonato do Mundo de andebol, que se inicia na quarta-feira, no Egito, e no qual vai participar Portugal, vão decorrer sem público, devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje a Federação Internacional de Andebol (IHF).

Em comunicado, o organismo refere que a decisão foi tomada durante uma reunião entre o primeiro-ministro do Egito, Mostafa Madbouly, e o presidente da IHF, o também egípcio Hassan Moustafa, face à propagação do novo coronavírus.

As 32 seleções que participam no Mundial2021 vão estar sujeitas a rigorosas medidas de prevenção, ficando inseridas numa ‘bolha' de segurança sanitária e só podendo sair dos hotéis para se deslocarem para os treinos ou jogos, de forma a limitar o risco de contágios.

Portugal é uma das seleções que vai marcar presença na competição, regressando a uma fase final 18 anos depois.

A seleção lusa integra o Grupo F da competição, juntamente com Argélia, Islândia e Marrocos, sendo que a estreia está agendada para 14 de janeiro, face aos islandeses, no Cairo.

O Mundial2021 arranca na quarta-feira e termina em 31 de janeiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.926.570 mortos resultantes de mais de 89 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.