A seleção da Suíça vai render a congénere dos Estados Unidos no Campeonato do Mundo de andebol, no Egito, na que constitui a segunda alteração para a prova devido a casos positivos de covid-19, revelou hoje a organização.

"A equipa dos EUA comunicou oficialmente a decisão de desistir da participação no 27.º Campeonato do Mundo da IHF, na sequência de vários casos positivos detetados nos testes obrigatórios à covid-19 antes da sua partida para o Egito", revela a Federação Internacional de Andebol (IHF), em comunicado.

Esta foi a segunda alteração comunicada hoje pela IHF, depois de a Macedónia do Norte ter substituído a República Checa, igualmente devido aos vários casos positivos de covid-19 detetados na comitiva checa.

"Em consequência de vários resultados positivos após os testes obrigatórios de covid-19 antes da partida para o Egito, a República Checa comunicou oficialmente que desiste da sua participação no 27.º Campeonato do Mundo de andebol, que vai decorrer entre 13 e 31 de janeiro no Egito", informou em comunicado IHF.

A entidade especificou que a Suíça estava no segundo lugar da lista substituta de países para o Mundial, em que Portugal vai participar, que foi criada em consonância com os resultados da fase de qualificação, e preparada excecionalmente devido à pandemia do novo coronavírus.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.945.437 mortos resultantes de mais de 90,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.