Matic inaugurou o marcador, no Dragão Caixa, que esgotou a lotação para o jogo entre FC Porto e Sporting CP; Salina fez o segundo, mas o Sporting depressa reagiu. Aos cinco minutos, com o Porto a ganhar 4-2, a primeira exclusão foi para Bosko Bjenalovic, mas o Sporting não permitiu que o adversário dilatasse a diferença. O encontro seguiu muito disputado e, depois de uma bola na trave num remate de Matic, foi a vez do Porto ficar reduzido a seis unidades e o Sporting chegou ao empate (7-7), com um golo de Bozovic, aos 11 minutos. Dois golos seguidos de Carrilo e outro de Cuni Morales colocaram, de novo, o Porto na frente, com a maior vantagem até então, 11-8, o que levou o técnico do Sporting a pedir o primeiro “time-out”, aos 16 minutos. Novamente o Porto em inferioridade numérica e o Sporting não conseguiu tirar proveito disso para reduzir a diferença na altura mas, minutos mais tarde, e desta feita com Bjelanovic novamente excluído, os “leões” reduziram até à diferença mínima, 12-11. Aos 21 minutos, cartão vermelho para Ricardo Moreira, dois minutos depois, foi a vez do treinador do Sporting, Zupo Equisoain, ver o cartão vermelho e viu o resto do jogo na bancada. Com uma superioridade numérica substancial, o FC Porto desperdiçou três ataques, enquanto o Sporting CP conseguiu marcar (13-12). Até ao intervalo, a formação portista foi mais eficaz e Alfredo Quintana, que entrou para o lugar de Hugo Laurentino, também contribuiu para o Porto terminar a primeira parte a ganhar por 17-13.

António Areia entrou a aumentar a vantagem para a turma portista, mas o Sporting reduziu, com dois golos seguidos. O FC Porto seguiu, na frente, mantendo uma vantagem de 2-3 golos. O Sporting respondeu e, aos 42 minutos, Pedro Portela repôs, novamente, a igualdade no marcador (22-22). O FC Porto saiu novamente na frente (25-22) e, a dez minutos do fim, com 27-24 no marcador, Hugo Canela pediu novo “time-out” para o Sporting. Depois de quase cinco minutos sem golos, Cuni Morales voltou a desbloquear as contas. Com um parcial de 0-4, já depois de nova paragem de tempo pedida pelo treinador portista, o Sporting empatou e deixou tudo em aberto para o último minuto do encontro ser um final emocionante. No último ataque, a poucos segundos do fim, António Areia marcou o golo que deu a vitória ao FC Porto, que segue invicto na liderança do Campeonato Andebol 1.

Na Luz, o SL Benfica não deixou escapar a vitória na recepção ao Boa Hora FC/ROFF. A equipa da casa entrou melhor no jogo (5-1), mas o Boa Hora FC/ROFF recuperou e conseguiu chegar ao empate (7-7), aos 17 minutos. Mas o Benfica voltou a sair na frente do marcador e, ao intervalo, ganhava por 17-11. Na segunda parte, o Benfica já não deu mais possibilidade ao Boa Hora FC/ROFF de recuperar e a equipa de Mariano Ortega assumiu completamente o comando do marcador e do jogo, que ganhou por 29-18.

Também o AM Madeira A. Sad confirmou o favoritismo no jogo em casa com o AA São Mamede. Ao intervalo, o conjunto madeirense só tinha sofrido 4 golos e marcado 14; a segunda parte acabou por ser mais equilibrada, mas o São Mamede já não conseguiu recuperar da desvantagem inicial e o AM Madeira A. Sad venceu por 30-18.

O ADA Maia-Ismai recebeu e venceu o AC Fafe, por 34-24. Depois de uma primeira parte equilibrada - o AC Fafe entrou melhor no jogo, mas a equipa da casa recuperou e deu a volta ao resultado - o ADA Maia-Ismai foi para o descanso a ganhar por 18-15. O AC Fafe não conseguiu fazer melhor, no segundo tempo e o ADA Maia-Ismai foi acentuando a diferença no marcador, até ao final do jogo.

O Arsenal/ LXS Group alcançou, esta noite, a primeira vitória no Campeonato Andebol 1, ao vencer, nos Açores, o Sporting da Horta por 28-26. O jogo foi, como se esperava, marcado pelo grande equilíbrio em campo e alternância no marcador, entre as duas equipas. Ao intervalo, o Sp. Horta vencia por 18-17; na segunda parte as duas equipas mantiveram o ritmo de jogo e, a cinco minutos do fim, o resultado era 26-26. Nos minutos finais, o Arsenal/ LXS Group conseguiu dois golos de vantagem que o Sp. Horta já não conseguiu anular.

Em jogo antecipado, o Avanca recebeu e venceu o Águas Santas Milaneza (23-20). A nona jornada completa-se a 22 de Dezembro, com o Delta Belenenses - ABC/UMinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.