A anfitriã França venceu hoje por 40-29 a Tunísia, na segunda jornada do segundo torneio pré-olímpico de andebol, a decorrer em Montpellier, e ficou mais perto de marcar presença em Tóquio2020.

Apesar de contar por vitórias os dois jogos realizados, a seleção gaulesa ainda não tem o apuramento matemático garantido, uma vez que há ainda a possibilidade de ocorrer um empate a três, caso seja derrotada por Portugal e a Croácia vença a Tunísia.

A França confirmou o seu poderio desde o início do jogo, ganhando progressivamente vantagem no marcador, que chegou aos 10 golos aos 20-10, e atingiu o intervalo a vencer por oito (21-13), depois de uma reação tunisina que marcou um parcial de 3-0.

Na segunda parte, a seleção francesa abriu com cinco golos marcados e apenas dois sofridos, facto que elevou a diferença para 11 de vantagem, aos 26-15, e colocou fim a qualquer tentativa da Tunísia para lutar ainda pelo resultado.

Com cinco jogadores a registar 100% de eficácia ofensiva, a França teve em destaque na zona de remate Hugo Descat (seis), Nicolas Tournat e Melvyn Richardson (ambos com cinco), enquanto o melhor marcador da Tunísia foi Issam Rzig (seis).

A seleção gaulesa manteve a Tunísia a uma confortável vantagem média de 10 golos, que lhe permitiu fechar o encontro aos 40-29 e garantir o segundo triunfo no torneio pré-olímpico.

Na derradeira jornada do torneio, que matematicamente ainda pode ditar o apuramento de qualquer uma das seleções, embora as contas sejam mais favoráveis para umas do que para outras, Portugal defronta a França e a Croácia a Tunísia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto