O pivô luso-cubano Alexis Borges foi hoje apresentado como reforço do andebol do Benfica até 2025, proveniente do Montpellier, após seis temporadas no FC Porto e uma no FC Barcelona, e quer “fazer história”.

“É um sentimento grande. Tive o prazer de saber como funciona o clube quando fiz os exames médicos. Tenho a certeza que o Benfica quer fazer uma grande equipa. O meu sentimento é de chegar cá e tentar fazer história para este clube”, afirmou Alexis Borges na apresentação no Estádio da Luz.

Alexis Borges, de 29 anos, chegou a Portugal na época de 2013/14 para representar o FC Porto, oriundo do Villa Clara, de Cuba, e as exibições nos ‘dragões’ levaram-no um ano por empréstimo ao FC Barcelona (2017/18) e a chamada à seleção nacional.

“As equipas onde joguei sempre lutaram por títulos, e chego aqui com essa mentalidade, de conquistar coletivamente e de ajudar a equipa ao máximo. O Benfica tem uma grande equipa e vou ser mais um para ajudar a que tudo corra bem e para conseguirmos atingir os objetivos”, frisou.

Um dia depois de o Benfica ter perdido a final da Taça de Portugal frente ao campeão FC Porto (31-27), que fez a ‘dobradinha’, o clube ‘encarnado’ anunciou a contratação do pivô internacional português, que na última época jogou nos franceses do Montpellier.

“Já conheço o campeonato português e outros campeonatos. Quando estou em campo, sou um jogador que gosta de defender e que dou 100% pela equipa. Sou bom na defesa, agressivo e gosto de atacar bem”, resumiu o pivô luso-cubano.

O vice-presidente do Benfica Fernando Tavares destacou a qualidade do internacional luso, que, no seu entender, protagoniza o que o clube pretende para as modalidades e que passa por “mais qualidade, mais competência, mais capacidade técnica e física”.

“Trata-se de um jogador que é uma mais-valia extraordinária. A chegada do Alexis, juntamente com outros reforços que estão a ser equacionados, traz a possibilidade de melhorar a nossa competitividade e lutar por títulos, que é a ambição do andebol, do Benfica e dos benfiquistas", completou o dirigente.

Alexis Borges conta no currículo com três campeonatos nacionais, duas Supertaças e uma Taça de Portugal, títulos conquistados com o FC Porto, e um Mundial de Clubes, uma Liga espanhola, uma Taça de Espanha, uma Taça da Liga, uma Supertaça de Espanha e uma Supertaça catalã, pelo FC Barcelona.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.