Miguel Martins, central do FC Porto de 22 anos, está por estes dias com a Seleção Nacional de andebol a preparar o confronto frente à Eslovénia, marcado para a próxima terça-feira, a partir das 15 horas, na cidade sueca de Malmo.

Em declarações ao SAPO Desporto, Miguel Martins afirmou que a derrota frente à Islândia não afetou o plantel, que continua confiante na passagem do grupo.

"Penso que [a derrota frente à Islândia] não afetou o plantel. Foi um jogo menos conseguido da nossa parte, com um início um pouco atípico, entramos mal no jogo e começamos a perder por 5-0... Mas acho que não afetou em nada o grupo, até porque a Hungria venceu a Eslovénia e isso reabriu todas as possibilidades. Só dependemos de nós para passar o grupo, temos que vencer os próximos dois jogos para passar e estamos confiantes", afirmou.

Com a confiança do grupo mantida, os objetivos lusos no EHF Euro 2020, mantêm-se em melhorar o sétimo lugar alcançado em 2000, com um olho na 'Final Four'.

"Nós estabelecemos esse objetivo, fazer melhor que o sétimo lugar, mas sabemos que se ganharmos os próximos dois jogos, com a Eslovénia e com a Hungria, que estamos presentes na 'Final Four', nas meias-finais", considerou o central.

Sobre a Eslovénia, que tal como Portugal bateu a Suécia na primeira fase e já bateu a Islândia no 'main round', o central que alinha em Portugal pelo FC Porto, considera que os eslovenos são uma grande equipa, com um dos melhores centrais do mundo, mas que a Seleção Nacional tem condições para bater o adversário de terça-feira.

"É sem dúvida uma grande seleção, tem um central, um dos melhores do mundo, o Bombac, um central com muito nome. Têm alguma dinâmica, jogam um bom andebol, mas temos de nos centrar em nós e se fizermos o nosso trabalho como temos feito ultimamente, se jogarmos como jogamos contra a França, penso que podemos vencer o jogo", disse.

Sobre as declarações de Paulo Pereira e a polémica à volta da não-transmissão em sinal aberto dos jogos da seleção nacional no europeu de andebol, Miguel Martins considera que a presença de Portugal na prova é algo que não acontece todos os dias e que dessa forma merecia a transmissão em sinal aberto.

Europeu de Andebol: RTP transmitirá jogos de Portugal se seleção passar à fase a eliminar
Europeu de Andebol: RTP transmitirá jogos de Portugal se seleção passar à fase a eliminar
Ver artigo

"Simplesmente acho que não é todos os dias que uma seleção de Portugal participa num evento deste nome, num Europeu e penso que isso deveria ser transmitido em canal aberto, mas isso não me cabe a mim decidir, eu estou aqui para jogar não para falar sobre isso", concluiu o central.

Portugal defronta a Eslováquia, na penúltima jornada da 'main round' do Grupo II do Europeu de Andebol, em Malmo, Suécia, a partir das 15 horas da próxima terça-feira.

A seleção nacional soma nesta altura dois pontos, situando-se no quarto lugar do grupo. No primeiro lugar do grupo está a Noruega, com seis pontos, seguida da Eslováquia, adversária de Portugal, com quatro pontos, os mesmos que a Hungria, o último adversário da seleção lusa na 'main round' (dia 22, 15 horas).

De recordar que os dois primeiros lugares do grupo dão acesso às meias-finais, enquanto que o terceiro permite disputar o jogo do 5.º lugar, lugares que se mantêm ao alcance de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.