A seleção cabo-verdiana de andebol, treinada pelo português Jorge Rito, venceu na terça-feira Marrocos por 31–22 e apurou-se para as meias-finais da Taça das Nações Africanas (CAN), que decorre no Egito, bem como para o mundial da modalidade.

Depois de vencer categoricamente os três jogos na fase de grupos, Cabo Verde, que é vice-campeão africano de andebol sénior masculino, mostrou mais uma vez a sua qualidade e derrotou nos quartos de final Marrocos com nove golos de diferença.

E pelo quarto jogo consecutivo, um jogador cabo-verdiano foi eleito o melhor em campo, desta feita foi Paulo Moreno.

Além do apuramento para as meias-finais da maior provada de seleções no continente, onde vão defrontar a Argélia (eliminou a RD Congo), os cabo-verdianos garantiram o apuramento para o campeonato do mundo da modalidade, que vai ser realizado em 2025, depois da estreia na prova no ano passado.

A seleção cabo-verdiana é comandada desde outubro último pelo português Jorge Rito, que em declarações à Rádio de Cabo Verde (RCV) no final do jogo, disse que era um treinador “super orgulhoso”, frisando que o principal objetivo do país era chegar ao mundial pela segunda vez consecutiva.

“Fazer uma exibição como nós acabámos de fazer, defender da maneira como defendemos, essencialmente isso deixa-me orgulhoso. O resultado até podia ter sido outro, até podíamos ter perdido, mas a maneira como os jogadores trabalharam em campo tem que me deixar orgulhoso e muito feliz por aquilo que eu estou a fazer”, comentou o antigo treinador do Benfica e ABC Braga.

Em 2022, a seleção cabo-verdiana de andebol sagrou-se vice-campeã africana da modalidade, após perder com o Egito por 37-25 na final da 25.ª edição da CAN.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.