Um golo do ponta-direita Daniel Santos em cima do apito final deu hoje a vitória ao Madeira SAD, diante dos finlandeses do Dicken, por 28-27, na primeira mão dos quartos de final da Taça Challenge de andebol.

Num jogo com duas partes completamente distintas em termos da prestação das duas equipas, os insulares chegaram ao intervalo a vencer por seis golos de diferença (15-9), mas os nórdicos recuperarem e conseguirem o empate no último minuto, até que Daniel Santos fez o tento decisivo, a cinco segundos do fim.

Após os cinco minutos iniciais de equilíbrio, o Madeira SAD foi construindo uma margem confortável ao longo do primeiro tempo, também graças ao inspirado guarda-redes Gustavo Capdeville, com muitas defesas de alto nível, e chegou a ter uma vantagem de sete golos no início da segunda parte.

No entanto, a formação visitante manteve-se calma e não desistiu do jogo, conseguindo, aos poucos, diminuir a diferença no marcador, com destaque para Max Granlund, que apontou nove golos, oito dos quais nos segundos 30 minutos, e tornou-se no melhor marcador da partida.

Os finlandeses marcaram o dobro dos golos na segunda parte em comparação com a primeira (18 para nove) e igualaram a partida nos instantes finais, até que valeu ao Madeira SAD o golo final de Daniel Santos, que levou à euforia o lotado Pavilhão Gimnodesportivo do Funchal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.