Uma pequena lutadora de hijab, conhecida como "Fénix", tem 'desmistificado' a figura comum de um lutador no ringue, ao enfrentar um mundo dominado por homens.

Vestida com calças com padrão de chama, um hijab preto e laranja e top, Nor Diana usa movimentos sofisticados para atirar e prender os seus rivais maiores diante de centenas de espectadores que a aplaudem.

Com apenas 1,55m e 43 kg, a sua velocidade e agilidade fazem dela um desafio para qualquer adversário. Muito antes de ser criticada por conservadores por praticar luta livre, a jovem de 19 anos tornou-se um sucesso das redes sociais e despertou o interesse de outras mulheres que usam hijab.

"Mesmo que eu seja muçulmana e eu use o hijab, nada pode me impedir de fazer o que eu amo", disse Fénix no ringue depois de vencer uma luta.

"Como Fénix, eu sou uma pessoa totalmente diferente. Ela pode ser pequena, mas pode fazer coisas que as pessoas nem conseguem imaginar", disse Diana à AFP numa academia de luta livre em Puchong, nos arredores de Kuala Lumpur.

Nor Diana começou a treinar como lutadora no final de 2015, ao seguir o seu sonho adolescente de se tornar uma lutadora, e estreou-se alguns meses depois.

Mais de 60% dos 32 milhões de habitantes da Malásia são muçulmanos e, embora o islamismo seja seguido de forma geralmente moderada e tolerante, a sociedade ainda consegue ser bastante conservadora.

Muitas mulheres muçulmanas no país usam o lenço tradicional e roupas folgadas de acordo com os requisitos islâmicos. "No início, foi muito difícil para mim, porque as pessoas diziam-me que eu não podia lutar porque sou muçulmana e uso o hijab", disse Fénix.

Mas ela seguiu em frente, com o total apoio da família e desfrutou do seu maior sucesso no início de julho, quando derrotou quatro homens para ser coroada campeã de wrestling da Malásia.

Embora esteja a crescer ao nível da popularidade, o wrestling continua relativamente pequeno no país do Sudeste Asiático. Há cerca de 30 lutadores e as partidas acontecem a cada dois ou três meses com apenas algumas centenas de espectadores.

Veja a reportagem:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.