Tiago Brandão Rodrigues disse hoje que Portugal ter a oportunidade de organizar a K1 Premier League de karaté é um "momento especial" e representa o "auge" da modalidade.

Num treino com alguns atletas que vão estar na competição, que decorre no próximo fim de semana, em Lisboa, e em que teve oportunidade de relembrar os tempos de jovem karateca, o ministro destacou a importância dos valores veiculados pelo karaté e de como estes devem ser um "exemplo" para o desporto.

"O karaté tem cinco máximas: caráter, sinceridade, etiqueta, esforço e controlo. Poderíamos adicionar outros adjetivos qualificativos, mas, na base, tratam-se de uma forma de pensar o desporto, e que todos aqueles que acreditam no desporto têm que defender", disse o governante.

A pandemia afetou a vida de muitos atletas e o ministro admitiu que, entre os mais jovens, houve muitos que desistiram. Tiago Brandão Rodrigues lembrou que as famílias estão ainda algo "receosas", mas mostrou-se confiante de que em breve haverá um regresso à normalidade.

"As pessoas estão receosas, as famílias estão receosas, mas temos um plano para voltar ao treino e à competição. Temos lançado as bases para reativar o desporto, para que a atividade física possa ser melhorada. É um momento complexo, mas é importante reativar paulatinamente os que estavam no desporto e aproveitar para trazer mais gente, sempre em segurança e respeito pelas normas sanitárias", finalizou o ministro.

A Karate 1 - Premier League vai decorrer em Lisboa, entre os dias 30 de abril e 02 de maio, na Altice Arena, reunindo os principais karatecas nacionais e mundiais, numa organização da FNKP. Na prova vão participar cerca de 800 atletas de 86 países, representando os quatro continentes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.