O britânico Lewis Hamilton, que esta temporada se sagrou heptacampeão mundial de Fórmula 1, foi considerado o melhor piloto de 2020 pelos diretores das escuderias presentes no campeonato do mundo da disciplina rainha do desporto automóvel.

Hamilton, que igualou o recorde de sete títulos mundiais de Michael Schumacher e superou o máximo de vitórias do ex-piloto alemão (totaliza agora 95 triunfos em grandes prémios), obteve 171 pontos, numa votação cujos resultados foram divulgados hoje no sítio oficial dos organizadores do campeonato na Internet.

Ao volante de um Mercedes, o britânico venceu 11 das 16 corridas de uma temporada muito perturbada pela pandemia de covid-19, que esteve na origem do regresso do Grande Prémio de Portugal ao Mundial de F1, realizado no Autódromo Internacional do Algarve e vencido por Hamilton.

O piloto britânico terminou à frente do holandês Max Verstappen (Red Bull), vencedor da última corrida do Mundial de F1 de 2020, no domingo, em Abu Dhabi, que totalizou 156 pontos, e do monegasco Charles Leclerc (Ferrari), contemplado com 132.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.