Portugal viveu hoje uma jornada discreta no Festival Olímpico da Juventude Europeia (FOJE), destacando-se alguns resultados no atletismo em Gyor, Hungria.

Marta Lourenço foi quarta nos 3.000 metros fixando o recorde pessoal em 09.53,17 minutos, enquanto Jorge Pereira foi sexto nos 1.500 metros (04.08,43), o mesmo resultado de André Pimenta na final do salto em comprimento, com nova melhor marca pessoal, em 6,79 metros.

João Buaró foi 10.º no salto com vara, com 4,10 metros, e Eduarda Ferreira apurou-se para a final do triplo salto com a décima marca, a 11,73.

Tomás Gonçalves falhou a final dos 200 metros e Ana Costa a dos 400.

Na canoagem, Sofia Peixoto e César Soares competiram na meia-final mista de C2 500, mas não conseguiram um lugar na regata das medalhas.

Na ginástica artística, Rafaela Ferreira foi 75.ª entre 90 participantes no all around, com 42.350 pontos, e Beatriz Cardoso foi 84.ª, com 39.600 pontos.

No judo, André Cravo perdeu no primeiro combate de -60 kg, o mesmo sucedendo com Andreia Loureiro em -52 kg, enquanto Gonçalo Lopes foi repescado em -66 kg, mas no segundo combate acabou afastado por rival da Estónia.

Na natação, recordes pessoais para Alexandra Frazão nos 400 metros livres, com 4.25,30 minutos a valer-lhe a 13.ª posição, enquanto Tiago Vilhena, nos 200 estilos, fez 02.09,88 e com isso foi 18.º.

Rafaela Azevedo foi 23.ª nos 200 metros costas, com 02.23,32, e Ana Pina foi 24.ª nos 200 estilos, com 02.24,68.

No ténis, Pedro Araújo foi afastado na segunda eliminatória pelo russo Egor Agafanov (7-6 e 7-1), e Tiago Torres ainda chegou à terceira ronda, mas caiu ante o polaco David Taczala, quarto cabeça de série, por 6-4, 4-6 e 1-6.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.