A atleta brasileira Andressa de Morais, candidata à medalha no lançamento do disco no Mundial de Doha (27 setembro-6 outubro), foi suspensa provisoriamente por doping depois de acusar positivo para uma substância anabolizante (SARM), anunciou esta sexta-feira a Unidade de Integridade do Atletismo (AIU) do Brasil.

Andressa, 28 anos e dona da sexta melhor marca mundial em 2019 na prova, melhorou o próprio recorde sul-americano a 6 de agosto, quando conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima, atrás da cubana Yaimé Pérez, com um lançamento de 65,98 m.

O caso será analisado pela Organização Desportiva Pan-Americana, que organiza os Jogos, informou a AIU.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.