A portuguesa Lorene Bazolo fez hoje um balanço positivo da sua participação nos Campeonatos Europeus de atletismo de pista coberta, apesar de não ter chegado à final dos 60 metros em Glasgow, Escócia.

Com o quinto lugar na terceira das semifinais dos 60 metros, a sportinguista admitiu no final que a corrida não foi tão boa como esperava, depois de ter feito 7,35 segundos, dois centésimos mais lenta que na qualificação da manhã.

"Infelizmente, não saiu o que queria, que era a marca do recorde pessoal e chegar à final. Estava a sentir-me bem, mas não era o que pretendia. Ainda assim saio com um balanço positivo, por chegar à semifinal, terminando em 13.º na geral, que é melhor do que há dois anos", disse Bazolo.

De manhã, nas séries eliminatórias, conseguira um apuramento direto, a ser terceira na corrida, com 7,33, o que então a posicionava como a 14.ª mais rápida das atletas que passavam à final.

Bazolo, de 36 anos, é a segunda portuguesa mais rápida de sempre nos 60 metros, só superada pela recordista nacional, Lucrécia Jardim.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.