Federação Internacional de Atletismo divulgou a lista de nomeados para Atleta do Ano de 2017. As ausências de Usain Bolt e Justin Gatlin são as maiores novidades.

Se no caso do ´Relâmpago` jamaicano, já era de esperar (terminou apenas em 3.º na prova dos 100 metros nos Mundiais e viu a Jamaica ser desclassificada nos 4x100 metros), a ausência do norte-americano Gatlin é a que mais suscita dúvidas.

Justin Gatlin é o atual campeão do mundo nos 100 metros, depois de finalmente ter levado a melhor sobre Usain Bolt. Bolt tinha ganho a prova dos 100 metros nas últimas seis edições dos mundiais de atletismo.

O britânico Mo Farah, campeão mundial nos 10 mil metros e prata nos 5 mil metros, e o sul-africano Van Niekerk, campeão do Mundo nos 400 metros e 'vice' nos 200, são os grandes favoritos em masculinos. Em femininos, a sul-africana Caster Semenya e a russa Maria Lasitskene, que competiu nos Mundiais como atleta 'neutra', são as que estão em melhores condições para vencer.

Quem quiser votar, terá de o fazer até 16 de outubro, no site oficial e redes sociais da IAAF. Estes votos são 25 por cento do resultado final. Os restantes 75 por cento são atribuídos pelas escolhas feitas por membros do conselho da IAAF (ex-atletas e treinadores).

O vencedor será anunciado a 24 de novembro, no Mónaco.

Candidatos femininos

Almaz Ayana (Etiópia)
Maria Lasitskene (Atleta neutra)
Hellen Obiri (Quénia)
Sally Pearson (Austrália)
Sandra Perkovic (Croácia)
Brittney Reese (Estados Unidos)
Caster Semenya (África do Sul)
Ekaterini Stefanidi (Grécia)
Nafissatou Thiam (Bélgica)

Candidatos masculinos

Mutaz Essa Barshim (Qatar)
Pawel Fajdek (Polónia)
Mo Farah (Grã-Bretanha)
Sam Kendricks (Estados Unidos)
Elijah Manangoi (Quénia)
Luvo Manyonga (África do Sul)
Omar McLeod (Jamaica)
Christian Taylor (Estados Unidos)
Wayde van Niekerk (África do Sul)
Johannes Vetter (Alemanha)

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.