A World Athletics ‘reservou’ o fim de semana de 8 e 9 de agosto para a realização dos respetivos campeonatos nacionais, numa altura em que o atletismo está completamente parado devido à pandemia de COVID-19, anunciou hoje o organismo.

Em comunicado, a antiga IAAF explicou que o objetivo é “criar uma janela protegida que permita que os atletas possam competir nos seus respetivos campeonatos nacionais sem agendar conflitos com provas internacionais”.

Esta data foi agendada após uma reunião entre a recém-criada Unidade de Calendário Global da World Athletics com as federações-membro e a Comissão Mundial de Atletas de Atletismo.

“Nenhum de nós pode prever o futuro nestes tempos sem precedentes, mas sabemos que países diferentes estão em momentos diferentes desta pandemia. Por isso, estamos a tentar criar uma estrutura para os nossos atletas e federações-membro para que possam começar a planear o seu regresso”, disse o presidente do organismo, o britânico Sebastian Coe.

Ainda de acordo com a World Athletics, a Unidade de Calendário Global continua a trabalhar com a Liga Diamante e a Continental Tour para reagendar o restante da temporada de 2020, que deverá ficar definida no final de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 89 mil.

Dos casos de infeção, mais de 312 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 787 mil infetados e mais de 62 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, contabilizando 18.279 óbitos em 143.626 casos confirmados até quarta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.