O treinador queniano John Velzian, considerado um dos obreiros do sucesso continuado do Quénia no atletismo, lançando carreiras de vários medalhados olímpicos, morreu na quinta-feira, aos 93 anos, em Nairobi, anunciou a Federação Queniana de Atletismo.

Velzian foi o primeiro treinador de atletismo do Quénia após a independência, tendo lançado incontáveis fundistas e meio-fundistas, entre eles Kipchoge Keino, campeão olímpico nos 1.500 metros (1968) e nos 3.000 metros obstáculos (1972), ele próprio um pioneiro.

Além do trabalho como treinador, que lhe valeu uma homenagem da ‘World Athletics’, em 2011, trabalhou também como diretor e organizador do atletismo, e do desporto escolar, naquele país africano, tendo liderado também o centro de desenvolvimento regional de África da federação internacional.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.