O britânico Mo Farah, duplo campeão europeu de 5.000 e 10.000 metros, anunciou hoje que deixou de treinar nos Estados Unidos com Alberto Salazar e que vai regressar a Inglaterra, para ser orientado por Gavin Lough.

Através do Twitter, Farah confirmou o 'corte' com o treinador norte-americano, com quem estava desde 2011, numa associação que rendeu seis títulos mundiais e quatro olímpicos.

Salazar tem estado desde há meses no centro de uma investigação de doping feita pela Agência Antidopagem dos Estados Unidos, iniciada após uma reportagem da BBC. O técnico é suspeito de ter ministrado substâncias dopantes ao seu grupo de treino, acusações que sempre tem negado.

Farah fechou a sua carreira na pista este verão, pouco depois dos Mundiais de Londres, mas propõe-se continuar na meia-maratona e maratona e para isso conta com Gavin Lough, casado com Paula Radcliffe e que já foi seu treinador há anos.

"Tem um grande conhecimento do que é preciso para conseguir resultados na maratona. Estou muito emocionado por empreender um novo projeto. É um novo começo", disse Farah, através de um vídeo colocado no Twitter.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.