A sétima edição da maratona de Lisboa, agendada para domingo, contará com a participação oito atletas com marcas pessoais abaixo das 02:09 horas, que têm como principal objetivo bater o recorde da prova, anunciou hoje a organização.

Entre os atletas mais cotados, figuram os quenianos Stephen Chemalany, que tem como melhor marca 2:06.24, e Samuel Wanjiku, que no ano passado venceu a prova, com a marca recorde de 2:08.21, mas cujo recorde pessoal está fixado em 2:07,04.

No setor feminino, a etíope Fatuma Sado, vencedora da última edição da maratona de Osaca, é a atleta com melhor marca pessoal (2:24.16), e deverá contar com a concorrência de compatriota Eschase Dalasa (2:26.27) e da queniana Truphena Chepchirchir (2:28.11).

A maratona, que liga os concelhos de Cascais, Oeiras e Lisboa, contará com 6.000 participantes, depois de desde a primeira edição ter triplicado o número de atletas, segundo Carlos Móia, presidente do Maratona Clube de Portugal, entidade organizadora da prova.

Para a mesma data está agendada a 20.ª edição da meia maratona, com início na Ponte Vasco da Gama, que deverá juntar 8.500 atletas, número que quadruplica os inscritos na primeira edição.

“Teremos quatro vezes mais participantes do que na primeira edição”, afirmou Carlos Moía, destacando o aumento do número mulheres: “na edição inaugural rondava os 5%, agora está na casa dos 40%”.

A meia maratona, que tem o selo de ouro da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), conta com lote de atletas de elite, entre os quais o queniano Jorum Okombo (58.48 minutos), que é um dos grandes favoritos a bater o recorde da prova, fixando em 1:00.13 horas, estabelecido no ano passado pelo marroquino Mustapha El Aziz.

Do lote de favoritos à vitória na prova, na qual o destaque entre os atletas lusos vai para Hermano Ferreira (1:01.24), fazem também parte o eritreu Amanuel Mesel (1:00.10) e os ugandeses Thomas Ayeko (1.00.26) e Daniel Rotich (1:00.59).

Na prova feminina, que contará com a portuguesas Jéssica Augusto, Susana Francisco, Catarina Ribeiro e Cátia Santos, o destaque vai para a vencedora da última edição, e detentora do recorde da prova (67.18), a etíope Yebrguai Melese Arage.

Durante o fim de semana vão disputar-se provas paralelas à maratona e meia maratona, que mobilizarão um total de 25.000 atletas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.