Olímpia Barbosa ficou hoje a um centésimo de segundo do seu recorde pessoal nos 60 metros barreiras no 'meeting' de atletismo de Miramas, reforçando a sua posição na lista de atletas que lutam pelo apuramento para os Europeus.

A generalidade dos portugueses presentes em Miramas esteve em bom plano, na velocidade e barreiras, com Frederico Curvelo (60 metros), Abdel Larrinaga (60 metros barreiras) e João Coelho (400 metros) a também conseguirem resultados que os fazem subir um pouco no ranking de acesso aos Europeus de Istambul, em março.

Com 8,21 segundos, Olímpia Barbosa foi sexta na final B da reunião, melhor marca nacional do ano e a um centésimo apenas do seu recorde pessoal, que já tem quatro anos.

Nas séries, tinha sido segunda, com 8,25 segundos, e os dois resultados vão permitir uma aproximação aos lugares de apuramento para Istambul.

Quem já estava na zona de apuramento, o que hoje reforçou, é Abdel Larrinaga, terceiro na final com 7,80 (após ser segundo nas séries, com 7,85).

Na mesma especialidade, João Vítor Oliveira foi terceiro na final B com 7,96, após sexto lugar nas séries, com 8,04.

Igualmente em zona de apuramento está Frederico Curvelo, bastante regular este inverno, que correu em 6,78 nas séries, onde foi terceiro, para depois não conseguir chegar ao pódio, na final - fez mesmo pior, sendo último, com 6,81.

Para os 400 metros apresentaram-se João Coelho, que já estava em zona de apuramento, e Ricardo Santos, que continua distante das marcas que em tempos conseguiu.

João Coelho venceu a final B em 46,96 segundos, à frente do compatriota, que fez 47,30.

No salto em altura Gerson Baldé passou 2,11 metros e no triplo Lucinda Gomes saltou 12,69 metros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.