A portuguesa Patrícia Mamona foi hoje sétima classificada no triplo salto do ‘meeting’ de Oslo da Liga Diamante, com um salto de 14,09 metros, em prova ganha pela colombiana Caterine Ibarguen.

A atleta lusa fixou o melhor registo na prova ao quinto de seis ensaios, conseguindo passar os 14 metros na derradeira tentativa (14,02), depois de um nulo e três tentativas nos 13, conseguindo dois pontos para a qualificação da Liga Diamante no primeiro de quatro 'meetings' da modalidade.

Ibarguen fixou um novo tempo mundial de referência para 2019, ao saltar 14,79 metros, à frente da norte-americana Keturah Orji, segunda com 14,53, e da jamaicana Shanieka Ricketts, terceira com 14,41.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.