O português Pedro Pablo Pichardo, campeão mundial do triplo salto, terminou hoje na segunda posição o meeting de Silésia, na Polónia, prova da Liga Diamante, com um salto de 17,29 metros, atrás do cubano Andy Diaz.

A pouco mais de uma semana do início dos Europeus de Munique, Pichardo, que alcançou o título mundial com a marca de 17,95, conseguiu a melhor marca na Polónia no seu terceiro salto, depois de ter marcado 16,96 no primeiro e 17,27 no segundo.

Depois de ter abdicado do quarto salto, Pichardo, que também é campeão olímpico saltou a 16,83 e 17,06 nas duas últimas tentativas.

Andy Diaz terminou a prova na primeira posição, com a marca de 17,53, e o chinês Zhu Yaming, medalha de prata nos Jogos Tóquio2020, foi terceiro, com 17,25.

No lançamento do peso, Auriol Dongmo foi quinta classificada, com um arremesso a 19,27 metros, numa prova ganha pela norte-americana Chase Ealey, que marcou 20,38 na terceira tentativa.

Leandro Ramos foi oitavo no concurso do lançamento do dardo, com marca de 68,94, bem longe da sua melhor marca pessoal (84,78) e do vencedor da prova, o checo Jakub Vadlejch, que terminou com 86,68.

Os três atletas portugueses que hoje estiveram no meeting de Silesia estão entre os 43 convocados para os Campeonatos Europeus de Atletismo, que se disputam em Munique, Alemanha, de 15 a 21 de agosto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.