A Confederação Brasileira de Atletismo foi hoje anunciada como vencedora do prémio da World Athletics pare melhor federação do ano, uma distinção que teve em conta a organização de seus eventos internacionais em 2022.

Na lista de finalistas estavam também as federações de atletismo de Espanha, Quénia, Guam, Coreia do Sul e Jamaica.

"O Brasil recebe este prémio com grande alegria e orgulho. É uma conquista coletiva, que partilho com todo o pessoal da Confederação, com os atletas, treinadores, juízes, funcionários, presidentes de federações regionais e os nossos patrocinadores", agradeceu o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBA), Wlamir Leandro Motta Campos.

Em 2022, o Brasil organizou "com êxito" os campeonatos sul-americanos de sub-18 e sub-23 em pista, o campeonato sul-americano de corta-mato, o campeonato pan-americano de corta-mato, um 'meeting' de nível bronze do Circuito Continental e um Grande Prémio internacional.

No ano em que a CBA festejou o 45.º aniversário, registou também "dois revolucionários acordos de patrocínio, que beneficiam os atletas de elite e dão impulso ao desporto de base".

"É um prazer para a Confederação Brasileira de Atletismo poder cuidar dos atletas, permitindo melhores resultados, ao oferecer planos de saúde aos que se destacam nos campeonatos brasileiros e fazem parte das seleções nacionais", destacou Motta Campos, na mensagem de agradecimento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.