O presidente da federação de atletismo da Rússia foi hoje suspenso por suspeitas de obstrução a uma investigação antidoping no decurso da preparação para os Jogos Olímpicos Tóquio2020.

A unidade de integridade da federação internacional de atletismo (IAAF) suspendeu outros seis elementos da federação, devido a várias irregularidades relacionadas com o caso do saltador em altura Danil Lysenko.

O medalha de ouro nos mundiais terá contado com a ajuda destes dirigentes, nomeadamente para forjar provas e relatórios médicos para justificar a ausência do atleta num teste antidoping.

Lysenko e o seu treinador, Evgeny Zagorulko, também foram suspensos.

A federação russa de atletismo está oficialmente suspensa das competições internacionais desde 2015, quando foram conhecidos os primeiros casos de doping.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.