Os quenianos Bernard Koech, em masculinos, e Edna Kiplagat, em femininos, venceram hoje a 23.ª edição da meia maratona de Lisboa.

Na prova masculina, Koech, fez jus ao estatuto de principal favorito, terminando com o tempo oficioso de 59.54 minutos a prova portuguesa, na qual em 2011 o eritreu Zerzenay Tadese estabeleceu o recorde do Mundo (58.30).

Em femininos, Edna Kiplagat, campeã mundial da maratona e já vencedora das maratonas de Nova Iorque e Los Angeles, triunfou com o tempo oficioso de 1:08.48 horas.

A marca da queniana ficou aquém do recorde mundial da distância, que pertence à sua compatriota Mary Keitany (01:05.50).

Entre os atletas lusos, José Rocha foi o melhor português no setor masculino, ao concluir na 11.ª posição, e Ana Dulce Felix, em femininos, que terminou no quinto lugar, com os tempos oficiosos de 01:05.05 e 01:10.44, respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.