Samuel Barata, do Benfica, que terminou em terceiro, foi hoje o português mais bem classificado no Crosse das Amendoeiras em Flor, prova que teve o triunfo do francês Yabb Schrub.

Os atletas vindos de França asseguraram as duas primeiras posições na pista da Aldeia das Açoteias, através de Schrubb (25.17 minutos para os 8.450 metros de prova) e Valentin Gondouin (25.21).

Barata foi creditado com 25.21 também, à frente do sportinguista Rui Pinto (25.23) e de Younes Kniya, de Marrocos (25.37).

A prova feminina, de 6.370 metros, permitiu à etíope Likina Amebaw repetir o triunfo de 2021, agora em 21.35.

Completaram o pódio ucraniana Nataliya Strebkova, a três segundos, e a alemã Elena Burkard, a nove.

Passaram de seguida pela linha de meta a sueca Sarah Lahti (21.59), a neerlandesa Silke Jonkman (21.59) e Patrícia Serafim, do Areias de São João (24.48), primeira portuguesa na classificação final.

As últimas vitórias lusas no Crosse das Amendoeiras foram em 2018 e 2016, com Carla Salomé Rocha, e 2013, com Manuel Damião.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.